Home / Blog / Master Data Management (MDM) antes e depois da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Blog
DataStrategy

20 out - 2019

Master Data Management (MDM) antes e depois da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Não sei dizer quando exatamente surgiu o conceito Master Data Management (mais conhecido como MDM nas áreas de tecnologia). O que sei, é que dá para “contar nos dedos (de uma mão)” a quantidade de empresas que embarcaram em um grande projeto de MDM (afinal todos os projetos deste tipo se tornam muito grandes) e que de fato alcançaram o ápice e tiveram suas expectativas atendidas, com investimento balanceado e no final a solução tenha trazido valor na percepção do negócio.

RÁPIDO CONCEITO

Para quem não tem muita familiaridade com a sigla, vale explicar de uma forma simples que uma solução de MDM é uma base que reúne dados de clientes, produtos, fornecedores, entre outros em uma “única base de dados”, que pode receber os dados primários de diversas origens (fontes), e tem um conjunto de processos de deduplicação, normalização e qualidade de dados que ao final geram o melhor registro (um único registro de um cliente) que então pode ser usado em processos de negócios com maior segurança e confiabilidade.

ANTES DA LGPD

Como comentei no início, com exceção das poucas empresas que já nasceram com o conceito de MDM arraigado devido a necessidade operacional da empresa com os Bancos por exemplo, as demais empresas que conseguiam operar com diversos cadastros de clientes descentralizados nunca demonstraram grande interesse pela adoção do MDM, especialmente pela dificuldade de equalizar o retorno sobre investimento, uma vez que a “dor” de não ter um cadastro único com dados confiáveis na maioria dos casos não era uma “dor corporativa”, mas da área de Marketing, Relacionamento e em alguns casos também do Financeiro.

Neste contexto, reunir os dados de clientes de diversas bases de dados espalhadas pela organização para estruturar ações de marketing apenas, na maior parte dos casos havia um caminho mais barato e rápido que um projeto corporativo de MDM, como a criação de uma base única especificamente para este fim (o bom e velho Database Marketing – O DBM)

O Master Data Management (MDM) nunca foi uma “buzword”, modismo ou panaceia, é mesmo um conceito que resolve muitos dos problemas básicos de gestão de dados que a maior parte das empresas sofre atualmente, mas, parece que o mercado antes da LGPD ainda não estava maduro para ele.

APÓS A LGPD

Após a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (a LGPD) que deve entrar em vigor em Ago/20, as empresas vão precisar rever a forma como são tratados os seus ativos de dados que dizem respeito aos consumidores, estando sujeitas a penalizações severas no descumprimento. E adivinhe só!

Quando a lei estiver em vigor, como é que as empresas vão atender a requisição de um cliente que solicita saber quais são os seus dados mantidos pela instituição? Em seguida, como a empresa pretende operacionalizar uma alteração de dados cadastrais feita pelo próprio cliente? Pois bem, parece que agora existe motivo realmente relevante para as áreas de TI das organizações repensarem o valor de um MDM, e na minha opinião, sem dúvida nenhuma este passa a ser um dos principais elementos da transformação na forma como as empresas lidam com os seus ativos de dados (de consumidores) e na jornada rumo ao compliance de Dados (LGPD), caso contrário, seria na direção de “reinventar a roda”.

Este conteúdo foi útil? Sugestões serão muito bem vindas!!

#datadrivenbusiness #masterdatamanagement #lgpd #dataquality

Um abraço!

Sobre o Autor

Pós-graduando do curso de Business Analytics & Big Data pela FGV, Marcos Palmeiro é fundador e o principal Consultor na DataStrategy, especialista em Data Driven Business Transformation, Data Compliance e Data Quality. Com mais de 15 anos de experiência nesta área, atuou ao longo deste período em projetos de Database Marketing, Inteligência comercial, Dados Não Estruturados, Qualidade de dados e Governança de Dados em grandes empresas de Telecomunicações, Bancos, Varejo, Seguros e Serviços Financeiros (Bureau de Crédito).

 

Gostou? Compartilhe
Artigos e Notícias

DataBlog

todos os expertises
recentes primeiro
5 resultados
20.10.2019
data-driven-business
Não sei dizer quando exatamente surgiu o conceito Master Data Management (mais conhecido...
20.10.2019
lgpd
Sem dúvida nenhuma esse tem sido um dos assuntos de maior preocupação das empresas ultimamente, ou...
20.10.2019
lgpd
"Elefante na sala", serve para descrever situações onde os envolvidos tendem a ignorar algum fato em...
20.10.2019
data-quality
A expressão veio de um colaborador da IBM há algum tempo atrás, como uma abordagem simples para explicar...